Rui Manuel César Costa!


Despede-se este fim-de-semana o nosso mágico!
O nosso Maestro vai abandonar os palcos onde brilhou durante tantos e bons anos!
É uma alegria ver Rui Costa festejar os golos, seja como se de uma criança se tratasse, ou fosse o primeiro golo da carreira, ou ainda como se tivesse a marcar na final do Campeonato do Mundo!

Rui Costa é o último número 10 do futebol moderno, agora já não existem pensadores como o Rui, Zidante, Platini ou Maradona! Neste momento a figura do 10 já não figura no futebol, as figuras são outras como Cristiano Ronaldo, Messi ou Kaká, nenhum deles sendo um 10, o mais aproximado é Kaká, mas não tem as características que definem o verdadeiro número 10.

Para sempre vai ficar na memória aquele golo à Inglaterra nos Quartos-de-Final do Euro 2004, um golo pleno de talento e raiva de um jogador que sabia não merecer ser relegado à condição de suplente!

No entanto o momento que caracteriza toda a carreira do Maestro é o jogo de apresentação do Benfica, frente à sua Fiorentina (e de Batistuta) na Luz, com o velhinho Estádio da Luz a abarrotar pelas costuras para ver o seu menino, o seu número 10, o talento inato de um jovem que respirava Benfiquista! E Deus é grande, e como Deus é grande, deu a oportunidade a Rui Costa de marcar ao seu Benfica, ao passar pelos seus "amigos Dimas e Hélder", à saída de Preud'Homme fez golo, e aí vieram as lágrimas, as lágrimas de alegria por ver o Estádio da Luz de pé a festejar um golo contra o seu Benfica, mas pelo Maestro tudo se festeja e foram muitas as lágrimas que acompanharam o festejo de Rui Costa nesse dia!

Um jogador impar, como uma personalidade incrível e um talento ainda maior, no entanto Rui Costa vai ser recordado como uma PESSOA com um coração enorme e de uma postura irrepreensível.

No ano em que Paolo Maldini se despede também ele dos relvados, um dos Maiores jogadores de sempre que passaram pelo Milan e pelo Mundo do futebol, Paolo Maldini diz que ainda bem que teve o prazer de jogar com Rui Costa. Kaká ainda hoje diz que em cada passe seu tem um pouco de Rui Costa, o novo maestro, Andrea Pirlo reconhece que Rui Costa foi o seu grande mestre.

Depois de Florença e Milão, estava escrito que o Maestro tinha que regressar a Lisboa, a sua casa é o Benfica e o bom filho à casa tem de tornar! Rui Costa regressou para mostrar a sua mais valia futebolística, infelizmente não conseguiu conquistar qualquer título nestes dois últimos anos nada que manche uma carreira imaculada como a de Rui.

Agora o papel de Rui Costa vai ser outro, abandona o palco, toma os bastidores como a sua nova casa e será no papel de Director/Gestor Desportivo que Rui Costa continuará com todo o seu saber e seu carisma a enriquecer o mundo do futebol!
OBRIGADO RUI COSTA!!!!
Adeus Maestro! Até já Gestor do Futebol Benfiquista!










3 comentários:

Anónimo disse...

jogador fenomenal com uma visão de jogo e com uma colocação de bola fora do normal. Sem dúvida o número 10 portugues que teve mais sucesso lá fora. Grandes exibiçoes na Fiorentina e no AC Milan. Estes clubes terão Rui Costa no seu coração como nós benfiquistas também o teremos.
Mas eu acho que o Rui Costa fez bem abandonar esta época porque penso que não aguentava outra. Na primeiraw volta, esteve bem mas na segunda volta já estava cansado e não tinha rendimento.

Pedro
Força Benfica

Anónimo disse...

Eu estive lá, e o que mais se poderá dizer? O Rui tem classe atá no andar como um dia o Maradona disse de alguém.São jogadores como o Rui, como o Simão, em tempos o JVP etc. que quando falham algum lance todos os adeptos de Futebol perdoam, e porquê? porque raramente falham.São os chamados jogadores acima da Média. Obrigado Rui e muita sorte nas tuas novas funções.Outra coisa a destacar a generosidade dos Benfiquistas que sabendo de antemão que era praticamente impossível poderem ir à liga dos campeões compareceram em massa no estádio, só num grande clube como o Benfica isto acontece.Um recado para os Dirigentes do SL Benfica por mim não têm mais desculpas para fazerem uma época péssima há que blindar o balneário desses jornaleiros (sem agressões mas po-los no seu devido lugar) como a que terminou já è tempo de arrepiar caminho,,,não interessa trocar uma carrada de jogadores e a qualidade ficar igual ou pior, quem vier tem que ser reforço, doutro modo deixem estar o que está.

Cumpts. a todos.

Vladimir Kaspov (NãoSeiDaNave) disse...

OBRIGADO RUI, PELO PERFUME DO TEU FUTEBOL E POSTURA SEMPRE CORRECTA E EXEMPLAR!
SERÁS MAIS UM ETERNO CAMPEÃO A FIGURAR NA HISTÓRIA DO GIGANTE S.L.B. E NO CORAÇÃO DOS BENFIQUISTAS.
ADEUS GRANDE JOGADOR, BEM VINDO DIRECTOR.
É BOM SABER QUE AINDA CONTAREMOS CONTIGO.

GRANDE ABRAÇO DE OBRIGADO E ADMIRAÇÃO!