Soberbo...



By Guilherme Cabral

4 comentários:

Carlos Sena disse...

Olá pessoal do blog, bom respondendo a sua pergunta deixada no Futeblog é o seguinte, muitos goleiros reclamam que a paradinha é injusta pois dificulta e muito a defesa mas os jogadores e alguns críticos acham justo porque o penalti tem que privilegiar que sofreu e não quem fez o penalti.
A uma grande polemica aqui no Brasil quanto a isso que não esta perto de acabar.
Espero ter ajudado, abraços

Luiz Docarmo disse...

António, aproveitando aqui a deixa do Carlos Sena, deixo minha opinião sobre a ‘paradinha’, também respondendo à sua pergunta.

Acredito que da forma ‘sutil’ como o Pelé a fazia – que foi abolida por um grande período e retomada depois que o Djalminha voltou a fazê-la –, a paradinha era um artifício de plasticidade interessante e deveria ser considerada legal. Acho, inclusive, que nem deveria estipular-se um ‘grau de sutileza’ pra que fosse considerada uma técnica legal de jogo.

Mas acho que deveriam ser estipuladas duas regras, pra que uma cobrança de pênalti não se torne uma coisa incontrolável.

1) Deve-se estipular um tempo máximo para que o jogador cobre a penalidade após o arranque inicial, da mesma forma que o goleiro tem 6 segundos pra repor a bola em jogo. Isto porque, da forma que está, o sujeito – e o público – pode ficar indefinidamente esperando que o goleiro se mexa e, consequentemente, é algo que deve ser controlado.
2) Depois de chegar em posição de chute, o cobrador não pode mais recuar. Se perder o equilíbrio, a passada, o melhor posicionamento, isso entra na conta da opção por fazer a paradinha, e o ônus é do cobrador.

Se forem estabelecidas essas duas regras básicas, as cobranças não saem de controle e a paradinha entra na regra do jogo.

Depois disso, que os goleiros descubram uma forma de diminuir sua desvantagem em relação ao cobrador.

A opção do goleiro aspirante do Botafogo, Luís Guilherme, é esperar o deslocamento da bola antes de tentar a defesa. Outras técnicas virão, como a própria ‘simulação’ de movimento do goleiro – um drible –, um contra-ataque que pode se tornar interessante.

Saudações alvinegras!

Jotas disse...

Lindo, este vídeo, é isto que me faz sntir cada dia mais benfiquista.

Tomé disse...

O nosso Benfica é enorme!
Parabéns ao autor do video, pois este está mesmo espectacular.

Saudações Benfiquistas