Ingratidão...

Luís Filipe Vieira referiu hoje que no futebol existe muita ingratidão, e que o sr. Scolari ontem era o melhor do mundo e que hoje já não o é!

Pois muito bem, concordo com a ingratidão por parte de alguns, eu não faço parte dos ingratos.

Agradeço ao sr. Scolari o magnífico Euro 2004, no qual nos fez chegar à final e pelo 4º lugar no Mundial 2006. Portugal voltou a estar no topo (ou pelo menos mais perto) do mundo futebolístico e todos temos que agradecer ao sr. Scolari por isso.

Agora o que o sr. Scolari fez ontem só tem uma solução, ir-se embora do comando da selecção pois neste momento não tem quaisquer condições para estar à frente da selecção de todos nós.

O que o sr. Scolari fez ontem não coaduna com os pergaminhos que a selecção neste momento ostenta, e não foi nenhum jogador de 17 ou 18 anos que roubou um cartão da mão de um árbitro, foi o seleccionador nacional que deve representar todo um grupo de trabalho e ontem teve todo um descrédito que as más exibições vinham acentuando num seleccionador que neste momento está a mais.

Fui daqueles que sempre defendi o seleccionador nacional, tal como fiz como Fernando Santos no Benfica, mas chega a uma altura em que tenho que dizer basta, e perante a agressão de Scolari a Dragutinovic ontem, chegou a altura de dizer basta e muito obrigado ao sr.Scolari, mas chegou a altura de se demitir ou ser demitido do cargo ...

2 comentários:

JP disse...

Boas,
nunca fui à missa do Scolari, tal como nunca fui com o Fernando Santos.
Acho que o q o Brazuca fez ontem é muito grave e deve ser punido por isso.

Mas a forma frontal e humilde como hoje apareceu a pedir desculpa é a prova de que o tipo é GRANDE.

Deve por isso continuar
JP

Daniel Arruda disse...

Concordo com a tua posição. Também sou dos que admira Scolari enquanto treinador mas há coisas que não se podem admitir.